IBM

2023 —

IBM CFO Forum 2023

A transformação do papel do CFO

Em parceria com o Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças (IBEF), a IBM realizou a 15ª edição do CFO Forum, um evento proprietário que reuniu os CFO das maiores empresas do Brasil para repensar o papel das finanças e da tecnologia para transformar os negócios hoje e criar novas soluções capazes de mudar tudo ao lado da IBM.

O desafio era comunicar durante todos os pontos de contato do evento a transformação do papel do CFO de transacional para estratégico, de resultado financeiro para geração de negócios; de conselheiro de confiança para uma posição estratégia geradora de valor e resultados – tudo isso de uma maneira disruptiva, de uma forma que só uma estratégia de marketing de experiência é capaz de entregar e que carregasse o posicionamento da IBM “Vamos criar” de co-criar a realidade ao lado de seus parceiros de negócio.

O evento todo contou com uma narrativa, que tinha torres de LED como apoio visual, que expressava transformação em todos os pontos de contato. Desde a escolha da mestre de cerimônia, a jornalista Christiane Pelajo – que passou por uma transformação na carreira de âncora de televisão para youtuber, escritora e multi comunicadora – (provocando os participantes a deixar o lugar de conforto na audiência para sumir o papel de protagonista no palco da transformação); até os coffee breaks que traziam provocações também envolvendo transformação: “E se adicionar novos ingredientes pudessem transformar um suco em um super-alimento?” e assim os convidados puderam escolher 3 tipos de Smoothies: Detox de Custos; ROI em energia, Lucro nutritivo e o Smoothie Transformação, que com adição de spirulina (corante natural azul) transformava não apenas a cor mas o valor energético (alta concentração de proteína) da bebida. 

Para o almoço a narrativa de transformação trouxe a provocação: – “E esse algo ordinário pudesse ser transformado em extraordinário?” Para isso, o milho foi o ingrediente escolhido para passar pela transformação em todos os pratos, do milho tostado na salada, à farofa do prato principal e ao sorvete com pipoca gourmet, de sobremesa.

Para o jantar a própria transformação estava servida. Em um jantar à luz de velas, um prato surpresa (que tinha o mel como fio condutor, de própolis, favo ao pólen) provocou os convidados a saborear o desconhecido e manter a chama da transformação sempre acesa em todas as circunstâncias, afinal, no dia a dia dos negócios nem sempre é possível escolher o prato do dia.

O evento foi encerrado com uma palestra arrebatadora do Renan Hannouche e Dante Freitas ambos especialistas em complexidade humana e em liderar transformação nas empresas.

Um brunch, a combinação de elementos conhecidos (“breakfast” + “lunch”) capaz de se transformar em algo totalmente novo (brunch) despediu os convidados juntamente com uma vela assinada pela designer Laura Gauger encorajando os convidados a manter a vela da transformação acesa.